2016-04-12

The dress that didn't go that well

Scroll down for english, please!


Em Outubro fará dois anos que a minha sobrinha casou. Na altura, mostrei-vos tanto o fato à homenzinho que fiz para o S., como o vestido da G. e deixei no ar a promessa de vos mostrar o meu vestido também. A família toda a combinar uns com os outros. No entanto porém, os dias, meses, foram passando e nunca cheguei a partilhar aqui convosco o dito vestido que fiz para mim. É tão mais fácil fotografar as peças dos miúdos. As minhas ficam muitas vezes para trás. Há uns dias tirei-o do armário e lá o fotografei como deve de ser.

In October it will be two years from my niece's wedding. Back then I showed you the little man's suit I made for S., as well as the dress I made for G. and the promise of showing you my own dress as soon as possible. All the family was matching. Despite though, the days, motnhs went through and for one or many reasons I never got around to share mine. It is so much easier to photograph the kids clothes. My own clothes are left behind so often. A few days ago I took the dress out of the wardrobe and photographed it at last. 

Para começar, como disse no post em que mostrei o vestido da G. - e uma vez que o tecido usado foi o mesmo - repito-me. O cinzento foi sobras do tecido usado para as minhas calças de grávida (aqui) e o tecido floral, foi-me dado pela minha sogra. O forro branco, que usei tanto para a parte de cima, como a de baixo, veio de uma cortina branca acetinada que me foi dada pela minha irmã.

To start, as I said in the post I made for G.'s dress - since I used the same fabric for both - I repeat myself. The grey fabric was left from the maternity pants I made myself (here), and the floral fabric was given to me by my MIL. The white lining came from an old satin-like curtain my sister gave me, I used it either on the top and bottom of the dress. 


Este vestido não ficou perfeito, apesar de ter sido bastante gabado na cerimónia, para meu espanto. Já não recordo o molde usado, creio que foi um de alguma Burda, ou outra qualquer das minhas revistas. Na altura amamentava e por isso tive que o alterar, de forma a conseguir fazê-lo com comodismo. Optei então por abrir toda a frente, e colocar molas (metálicas e cosidas à mão no caso) para fechar. Na foto abaixo, mostro três delas abertas, mas tinha mais, abria mesmo até à cintura, quase. Foi a primeira vez que costurei várias linhas com o elástico na bobine para franzir o vestido e acho foi isso que não correu tão bem, já que a frente não ficou muito direitinha. Infelizmente já não tive tempo de fazer outro vestido para o casamento, assim que depois de muitas lágrimas tive que improvisar. Andei mesmo desiludida com este vestido e prestes a sair e ir comprar um já feito, ainda fui, mas não encontrei nada (compatível com a amamentação e tal) nos tons e o resto da família já estava tratada. Usei uma fita vermelha de cetim em laço, na cintura, disfarçou o que ficou torto e ainda deu um toque diferente ao vestido.

This dress is not perfect, althoug people really liked it at the ceremony to my surprise. I can't remember what pattern I used anymore, probably one from Burda or any other of my pattern magazines. Back then I was still breast feeding, so I needed to hack it in order to allow me a comfortable feeding. I chose to open the entire front, and add snaps to close (handsewn metallic ones in this case). In the photo below, you can see three of them, but I actauuly added about 5, almost all the way to the waistline. It was the first time I tried sewing rows of gathering with an elastic bobbin, and believe it was what caused it to not work so well, making the front look a bit askew. Unfortunately I didn't have the time to make another dress in time for the wedding so after many tears I had to improvise. I was really disillusioned with it, and even considered buying a RTW, I actually did search for one, but I couldn't find anything (breast feeding friendly and all) in the shades I wanted and the rest of the family were all set already. I used a red satin ribbon in the waist, it kinda covered the askew in it, and added a little touch too. 


Na altura eu não recebi logo as minhas fotos, a fotografa era uma amiga da noiva, foi o primeiro casamento que fez, e ficámos super desiludidos com as fotos quando as recebemos. Não tirámos fotos no exterior porque choveu nesse dia, e as de interior ficaram muito "caseiras", muitas delas nem centradas estavam. Não tenho nenhuma de corpo inteiro, em que se veja o vestido por completo. Ou tenho o S. ao colo, ou tenho um xaile por cima, a tapar-me toda porque estava fresco... Sobra-me uma foto, em que apareço eu e o V. com os noivos no fim da cerimónia porque fomos padrinhos, se assim não fosse, creio que nem uma decente teria... Nas fotos que tirei em casa, já não tenho a faixa vermelha, já a usei para outra coisa qualquer, nem sei dela, dá para ver perfeitamente o defeito de que falei. E quando as tirei nem reparei que ali no lado esquerdo parece fazer umas pregas estranhas. Não me orgulho deste vestido, mas tão pouco me envergonho dele, por isso partilho-o hoje. Nem sempre as coisas correm tão bem quanto esperado, mas o importante é avançar. Nunca se esqueçam disso, nem tudo tem de ser perfeito na vida.

We didn't get the wedding photos soon after, the photographer who did the job was a friend's of the bride and it was the first wedding she did. We were really disappointed at the photos when we got them. No outside photos were taken because it rained that day, and the ones inside, looked so "homemade", many of them aren't even centered. I don't have a single full body photo. I either am holding S., or am covered in a shawl because it got cold... I have one photo left, with my V. and the bride and groom because we were her godparents, otherwise, I don't think I'd have any at all... In the photos I took at home, the ribbon is not on anymore. I know I used it for something else already, don't even know where it is, so it is plain to see the imperfection of the dress. And only when I took these photos I noticed those weird folds on the left side. I am not proud of this dress, but I am not ashamed of it either, that's why I am sharing it today. Things don't always go as we wished them to, but we keep on, that's what matters. Never forget that not everything has to be perfect in life. 

2 comments:

  1. Que pena! Todas temos um ou dois (ou mais) projectos que não correm bem e o fracasso marca-nos muito mais que o sucesso. Obrigada por partilhares!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim, há sempre projectos que não correm bem e temos tendência a jogar para o canto e não se fala mais nisso. Mas acho que até com esses nós aprendemos e melhoramos, por isso é importante partilhar também. Para que quem está a começar, perceba que nem sempre é tudo cor de rosa.

      Delete

Leave a comment, I'd love to read it.
Leave your URL too, so I can visit you.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

stay connected

Subscribe by Email